Buscar
  • Renata Serrano

Guimarães, Braga e Aveiro

Situada no distrito de Braga, a cidade de Guimarães é um dos mais importantes destinos históricos do país. D. Afonso Henriques, o primeiro rei de Portugal, escolheu esta antiga cidade romana como capital do Reino de Portugal após a sua vitória na Batalha de São Mamede em 1128. Conhecida como “Berço da Nação”, Guimarães é um local fascinante para visitar.

Começamos nosso passeio visitando nada mais nada menos do que o belíssimo Castelo de Guimarães. Inclusive lá tem uma frase em letras brancas garrafais “Aqui nasceu Portugal”. O Castelo de Guimarães fica numa colina mas é facilmente acessível a pé desde o centro histórico.

Logo em frente a ele está uma pequena igreja, chamada São Miguel do Castelo, local onde supostamente dom Afonso teria sido batizado.

O Paço dos Duques também deve ser visitado. Por dentro do palácio você encontrará muitos dos seus quartos, as suas tapeçarias, armas antigas e uma capela com vitrais deslumbrantes.

Paço dos Duques

A Igreja Nossa Senhora do Carmo está localizada no centro histórico de Guimarães, muito perto do Paço dos Duques. Quase passa despercebida porque apenas tem visível uma fachada, voltada para o Jardim do Carmo. Pertence ao Convento do Carmo localizado no mesmo local.

A Praça de São Tiago também está no centro histórico de Guimarães. No passado acolhia os peregrinos que iam para Compostela. Hoje acolhe turistas e residentes com seus restaurantes. Local bem tranquilo pra passar uma tarde sossegada.

Em seguida fomos visitar a cidade de Braga. Encantadora e interessante. Uma mistura jovem com cenário medieval e religioso. Fica apenas a 40 minutos de carro do Porto e 25 minutos de Guimarães, é uma cidade portuguesa que você precisa visitar se tiver um dia livre em seu roteiro.

A cidade é famosa pelas inúmeras igrejas com arte barroca, pelas calmas ruelas ótimas para visitar a pé e pela animação dos bares e cafés cercados de juventude e vitalidade. A noite em Braga é bem tem boa e diferentes opções para quem quer curtir.

Ruas de Braga

O Santuário de Bom Jesus do Monte é simplesmente imperdível. Sério, você tem que visitar este local. O lugar é composto por um cenário que abriga a famosa e extensa escadaria (581 degraus) e a igreja Bom Jesus do Monte no topo. Do alto do morro é possível ver a cidade de Braga e assistir a um lindo pôr do sol.

Santuário de Bom Jesus do Monte

A Igreja de Santa Cruz estava em reforma e não pude visitar mas é uma das atrações que você não pode perder em Braga. Está na minha lista quando retornar à Portugal.

Pelas ruas de Braga provei as famosas castanhas assadas de uma senhorinha super fofa. Ela faz isso há anos e veio de gerações.

A Catedral de Braga, ou, como se diz em Portugal, Sé de Braga é o templo religioso mais antigo de Portugal, sua construção foi iniciada nos anos 1000. Se prepare para uma viagem no tempo mas confira antes os horários de funcionamento.

Andar por suas ruas, curtir sua energia faz parte de tudo o que você vai viver em Braga.

Regiões vinícolas próximas são as regiões dos Vinhos Verdes, Porto, Douro e Minho.

Se quiser visitar algumas vinícolas por perto e fazer tour + degustação vou te passar duas dicas: a Quinta Cova da Raposa e a Quinta de Santa Cristina são excelentes pedidas.


Finalizamos nosso dia em Aveiro que é conhecida como a Veneza Portuguesa por conta dos canais e pontes das pequenos embarcações que circulam por eles. Uma visita por esta cidade é, sem dúvida, indispensável. Não dá pra passar batido por Aveiro, até porque é uma cidade que tem uma mistura de atmosferas e um charme peculiar.

Comece visitando a Praça Humberto Delgado e deixe seu carro por lá pois a partir daí dá pra fazer quase tudo a pé.

A praça Humberto Delgado fica em cima do canal central e uma boa opção é começar fazendo um passeio de moliceiro, que são as embarcações parecidas com as gôndolas de Veneza. Você terá uma perspectiva diferente da cidade e lindos ângulos para fotos.

Andar pelas ruelas da cidade é uma delícia e você passará por diversos prédios art nouveau, feirinhas de antiguidades, o Mercado de Peixe e, claro, não deixe de passar na Ria Pão, onde poderá experimentar os famosos ovos moles, com diversos formatos mas um sabor único.

Doceria Ria Pão

Fora do centro da cidade também existe um passeio imperdível: a praia da Costa Nova. É lá que ficam as famosas casinhas listradas e coloridas.

Aproveitamos e almoçamos por lá mesmo no Restaurante Dori que tem uma vista e uma comida maravilhosa. O forte são os frutos do mar então se esbalde, sem esquecer aquele vinho pra harmonizar.

No próximo post vou falar sobre o Fátima e Lisboa encerrando nossa temporada em Portugal. Continue comigo!!


Consulte os roteiros da Barbarela Turismo especialmente elaborados para os amantes do vinho e descubra este fascinante mundo do Enoturismo.

https://www.barbarelaturismo.com.br/pacotes-personalizados


Acompanhe os posts da “Rota dos Vinhos” e se prepare para conhecer um pouco mais sobre Portugal.


Até a próxima!!!

Renata Serrano Barbarela Turismo – uma agência de viagem especializada em Enoturismo

Contatos: renata@barbarelaturismo.com.br

Fones: (19) 3826-3440 e 98154-9440

0 visualização

Rota dos Vinhos com Renata Serrano

  • Facebook
  • Instagram